"— Cuida da tua vida.
Vem cá."


Ela não entendeu, mas veio. (via bonecario)
Há 21 horas via bonecario ( source sexflyn ) with 8.786 notas
Há 21 horas via desireeeee ( source hstyes ) with 1.672 notas

mialayla:

mialayla:

I love my job

I lost my job

A culpa não é da “piriguete” que dá em cima do seu namorado, e sim dele que dá moral pra ela e não te respeita.

Half a Heart - Capítulo 12

"-Eu quero ver o que é o que a noite guarda pra mim, Niall. - ela disse pegando o coquetel com um sorriso malicioso nos lábios." 


Achei esse comentário um tanto que incomum, inclusive para ela. Mesmo assim não me abalei e continuei seguindo-a até a pista de dança. Chegando lá, pude ver Louis e Harry, ambos com coquetéis em mãos bebendo e Zayn estava junto com eles, mas não bebia nada, apenas tentava xavecar umas garotas que estavam dançando também na pista. Emily me levou para o meio deles, e ao meio da música eletrônica alta dançávamos e conversávamos um pouco. 
-Harry, não vai procurar nenhuma garota não?- brinquei. 
-Não, eu e a Vodka estamos muito bem. - ele disse. 
-Apenas o Zayn está querendo uma garota. - Louis disse num tom de desaprovação. 
-E você Lou? Alguma garota?- Emily disse 
Louis olhou para Emily confuso, pareceu não ter gostado nem um pouco da pergunta. 
-Sou bem feliz com Eleanor, obrigado.- ele disse e revirou os olhos. 
-Louis quer pagar de fiel - Emily sussurrou perto à minha orelha. 
-Ele não quer pagar de fiel, Emy, ele é fiel. Não é muito legal fazer esse tipo de pergunta quando sabemos que ele está num relacionamento. - sussurrei de volta. 
Ela revirou os olhos e pareceu ter iguinorado completamente meu conselho, ela pegou em minha mão e logo me afastou dos garotos, e aos poucos me guiou até outra parte da pista onde ficamos dançando ali mesmo. Emily pediu outro coquetel e continuou dançando ali comigo. Alguns minutos depois, pude ver Zayn vindo em minha direção. 
-Zayn? Tudo bem? - perguntei 
-Quase. 
-O que houve? 
-Não encontro nenhuma felizarda para essa noite. - ele disse passando a mão em seus cabelos. 
-Hahaha. e você só pensa nisso mesmo?- indaguei. 
Ele me encarou e cerrou os olhos fazendo não com a cabeça. 
-Onde está Zoey?- ele perguntou confuso porque eu estava com Emily. 
-Ah, sei lá. Na mesa eu acho. - disse Emily novamente se metendo na conversa. 
Zayn me encarou confuso. 
-Você a deixou sozinha?- indagou. 
-Não era minha intenção… - eu disse pelo fato de estar com Emily ali. 
-Emy, quer ir buscar um coquetel comigo?- ele perguntou para Emily ao notar a situação. 
-Adoraria. Niall, só um minuto. - ela disse acompanhando Zayn. 
Zayn se virou pra mim e deu um sorriso. Sinal de que eu deveria fazer alguma coisa. Fui andando em direção à nossa mesa e vi Zoey, ainda sentada saboreando seu coquetel, mas dessa vez, estava sozinha, Liam não estava lá. 
-Zoey, aqui sozinha?- eu disse me sentando ao lado dela. 
-Liam disse que iria pegar um coquetel para ele, provavelmente está ainda na fila. - ela disse 
-Não quer ir dançar um pouco comigo? - perguntei. 
-Não. 
-Não? - perguntei confuso. 
-Niall, você está com a Emily, ela te chamou para dançar. Não seria agradável… - ela disse e tornou a beber seu drink. 
-Ela não está aqui agora, certo? - disse 
-É, não está.- ela disse - mas eu ainda não vou dançar com você. 
-Só quero entender porque não. 
-Eu já disse, você já convidou a Emy para dançar.- ela disse de deixou a taça de coquetel vazia sobre a mesa. 
Me levantei e peguei em sua mão levantando-a devagar e trazendo seu corpo para perto do meu. 
-Dança comigo? - pedi olhando nos olhos dela. 
Ela me olhou com os olhos tristes, eu queria dançar com ela, mas ela negava, porque? Talvez ela pensava que isso fosse algo errado? Mas, porque? 
-Eu… não deveria - ela me olhou aflita 
-Por favor… - eu disse e aproximei nossos rostos devagar, senti seu hálito cada vez mais perto, e rocei nossos lábios calmamente e ela se afastou. 
-Niall… 
Nao deixei ela terminar e segurei em sua mão, fui adentrando mesas, passando por pessoas guiando-a pelo local até a pista de dança. Chegando na pista vi Harry ainda bebendo e Louis ao seu lado no meio das pessoas, eu e Zoey fomos até eles. 
-Niall, Zoey. -disse Louis sorrindo - melhor assim. 
-Louis…somos só amigos…-ela disse constrangida. 
-Ah…sim…amigos -ele disse sorrindo malicioso. 
O encarei sério fazendo Harry dar algumas risadinhas. 
-E você hein, Curly? Quantas já tomou? -perguntei 
Ele fez o número três com os dedos enquanto dava mais uns goles no drink. 
-Legal, então pode parar por aí. -eu disse. 
-Já avisei isso a ele. - Louis disse o olhando feio. 
-Cruzes, parecem até minha mãe, eu sei, eu parei por aqui, eu vou dirigir. Eu sou um motorista consciente. - ele disse e fez Zoey gargalhar. 
Ele encarou Zoey e franziu o cenho. 
-Zoey, eu não esperava de você esse tipo de deboche - ele falou brincando fazendo uma careta para ela. 
Segurei nas mãos de Zoey e logo nos distanciamos dos rapazes para podermos dançar a sós. Ficamos um tempo dançando juntos até que a música eletrônica parou de repente. 
-O que houve? - eu disse olhando para Zoey confusa. 
As pessoas já se olhavam confusas e se perguntavam o que tinha acontecido. Um dos DJ’s sentados a uma mesa com alguns equipamentos de som se levantou e ficou de pé para que as pessoas pudessem vê-lo, ele pegou o microfone e deu um aviso. 
-Pessoal, a festa não acabou, apenas temos um pedido de música especial.- ele esticou o braço e deu um play no som, e uma música lenta e romântica começou a tocar.- Essa é para os casais apaixonados. 
Olhei em volta, não havia ninguém sozinho, todos estavam em pares dançando devagar, as pessoas sorriam e se abraçavam em volta de nós, quando vi, ao lado do DJ, Harry e Louis estavam sorrindo vitoriosos e bateram as mãos, idéia deles é claro. Tornei a olhar para Zoey, que estava me encarando em busca de uma resposta, estava me olhando um pouco assustada, na verdade estava constrangida com a situação eu podia até ver suas bochechas avermelhadas, enquanto eu, estava também parado a olhando, sentia meu rosto quente que provavelmente estaria vermelho. 
-Bem… Você quer dançar? - perguntei ainda constrangido. 
Ela me fitou e chegou mais perto de mim, e me abraçou, não resisti e respondi ao seu abraço. Era um abraço muito bom, o calor do corpo dela era bom. Senti um frio na barriga de repente e ela estremeceu, vi seus pelos se arrepiarem e Zoey se soltou de mim logo em seguida. 
-Eu quero dançar com você Niall.- ela disse e sorriu sem graça. 
Em seguida abaixei meus braços e os levei até sua cintura as envolvendo e trazendo o corpo dela para perto do meu suavemente, e logo ela debruçou as mãos sobre minha nuca levemente me fazendo arrepiar. Começamos à dançar com os passos lentos e simultâneos sem dizer palavra alguma, não falávamos, só dançávamos. Sentíamos. Ela sorria como uma criança inocente, o que me fazia sorrir e quase morrer derretido com sorriso dela. 
-Sabe Niall, eu gosto de dançar com você. - ela disse ainda sorrindo. 
-Eu também gosto. - sorri mordendo os lábios inferiores. 
Dançamos uma música inteira, apenas aproveitávamos o momento. Quando a música terminou nenhum de nós queria soltar um ao outro, ficamos parados apenas nos olhando nos olhos, e eu não queria sair dali nunca. 
-Niall…?- Disse Emily nos olhando feio com Zayn ao seu lado. Zoey se desprendeu de mim sem graça e se afastou um pouco enquanto Emily a fitava. 
-Ah Emy…- eu disse sem jeito. 
-Você ainda vai dançar comigo, certo? - Ela disse franzindo o cenho e olhando para Zoey, que abaixou a cabeça constrangida. 
-Claro que vou. - respondi pelo bom censo É que Zoey estava sozinha na mesa…Mas eu vou continuar dançando com você. 
-Que Bom. - ela disse e sorriu vitoriosa bebendo todo o drink que estava na taça. 
-Emy, não beba muito amiga…- Zoey disse tentando amenizar a situação. 
-Ah, tá. Só estou no meu quinto, fique tranquila. -Ela disse e deu algumas gargalhadas. 
Zoey se afastou e foi para o lado de Zayn enquanto Emily se aproximou de mim devagar colocando direto a mão na minha nuca. Zoey e Zayn sumiram na multidão enquanto fiquei com Emily alí. 
-Niall, vou mostrar como se dança de verdade, querido. - ela disse com os lábios pertos dos meus com o hálido cheirando a Álcool. 

Zoey’s POV 

Eu simplesmente sabia que não deveria ter ido dançar com Niall, mas eu não pude resistir, era um clima tão convidativo que acabei me arriscando. Estávamos dançando lentamente, o corpo dele se comunicava com o meu mutuamente, a aura dele se perdia na minha me fazendo ficar alí cada vez mais atraída apenas para dançar, os sussurros ficavam praticamente mudos em minha mente. Quando eu passo um tempo com Niall eu não sei dizer o que acontece, as coisas ruins simplesmente param de acontecer e meu corpo fica tranquilo e fico em paz comigo mesma. Mas eu não deveria ter ido, eu sabia que Emily iria voltar, afinal que tipo de amiga eu sou? Fui andando ao lado de Zayn até nossa mesa, Harry e Louis já estavam lá e Liam também. Me sentei ao lado de Harry em silêncio e daquele jeito continuei. Harry me fitava calmamente enquanto eu brincava com minhas mãos. Senti um braço contornando meus ombros, era Harry, estava sorrindo e estava preocupado. 
-Zoey, não fique assim. - ele pediu. 
Olhei para ele, e vi em seus olhos verdes-suaves a preocupação verdadeira, ele se importava comigo, ele era meu amigo. Sorri sem graça o fitando. 
-Sabe, eu não consigo, eu acabo demonstrando as coisas que sinto assim, de repente. Me desculpe preocupar você. - eu disse. 
Ele me abraçou, era um abraço reconfortante, ele cheirava com um perfume delicioso, de toque amadeirado com um frescor ótimo. Ele se afastou do abraço e beijou minha testa. 
-Espero que você fique bem Zoey. - ele disse e sorriu 
Ficamos sentados à mesa conversando por mais um tempo até que comecei a me sentir estranha, meus pés estremeceram como se eu estivesse com frio e cerrei os punhos, tinha alguma coisa errada. 
-Harry - chamei sua atenção. 
-Oi Zoey? - ele disse se virando para mim. 
-Sinto que precisamos ir embora… -eu disse ainda com os punhos cerrados. 
-Está tudo bem? São apenas 2:30.- ele disse preocupado. 
-Temos que ir embora… você se importa? - pedi mais uma vez. 
Ele me fitou ainda confuso, mas mesmo assim concordou comigo. 
-Tudo bem, vamos sim. -ele sorriu. 
“Vou chamar o Niall” pensei e me levantei. Fui andando apressadamente até o meio da multidão e bem no final avistei Emily e Niall, andei até eles e Emily parecia bêbada. “Eu não acredito” pensei ao vê-la daquele jeito. Andei até Niall e segurei em seu braço. 
-Acho que deveríamos ir embora. -eu disse. 
De primeira ele assentiu, chamou Emily e ela se recusou a ir. 
-Eu não quero ir. Eu quero vodka. -ela falou levantando a taça. 
-Emy, isso vai te fazer mal. -eu disse fitando-a. 
-Vamos Emily. - pedia Niall. 
-Ah, qual é Niall. -ela se rendeu e nos acompanhou até a mesa. 
Quando aparecemos os garotos se levantaram e foram pagar a conta deixando eu e Emily à sós. 
-Acho que ele está caidinho por mim. -Ela disse sorrindo. 
-Jura? Que bom amiga. -eu respondi dando de ombros. 
-Eu adoro quando ele diz aquelas coisas pra mim. - sorria maliciosa. 
-coisas? Que coisas? - perguntei confusa. 
-Ah, não que eu não queira te contar amiga… mas são coisinhas nossas sabe? – ela falava. 
Tentei ignorar o que ela dizia, porque ela dizia aquilo tudo pra mim afinal? 
Os garotos chegaram e fomos direto para os nossos carros. 
-Eu vou com Niall . - disse Emily indo conosco até o carro. 
Ele logo abriu o carro e entramos. 

Niall’s POV 
Na boate, Emily estava bêbada e mesmo assim, não parava de pedir drinks. Ela dançava comigo ao som alto da música e algumas vezes passava a mão pela minha nuca, o que era estranho. 
-Sabe, eu gosto tanto de você Niall. - ela sussurrava isso para mim quase o tempo inteiro. 
-Eu também, você é uma ótima amiga. - respondia 
Ela revirou os olhos e pegou mais um drink. 
-Emy, não beba mais , uma menina como você não deveria fazer isso. - eu disse. 
-Uma garota como eu não deveria fazer inúmeras coisas, e outras eu já deveria ter feito antes. -ela disse chegando perto de mim devagar e abaixando seus braços pelo meu corpo colocando a mão no zíper da minha calça. 
-Não faça isso. -disse sério tentando me afastar. 
-Aqui não né, apressadinho. - ela disse sorrindo maliciosa. 
Na mesma hora Zoey chegou dizendo que deveríamos ir embora, assim Emily se afastou de mim e eu sem êxito concordei com Zoey. 
[…] 
No carro, Zoey parecia quieta enquanto Emily parecia impaciente. 
-Quero chegar em casa logo. - ela disse fazendo Zoey revirar os olhos. 
No meio do caminho Zoey estava muito quieta, e quando dei por mim, ela estava dormindo suavemente com a cabeça apoiada na janela do carro. E Emily ainda estava acordada. 
Alguns minutos a mais de percurso e entramos no condomínio, parei em frente à casa de Zoey para deixá-la lá. Passei a mão levemente pelo seu rosto para que ela acordasse. Ela despertou e deu um sorrisinho fofo. 
-Zo, já chegamos. -sussurrei para que só ela pudesse ouvir. 
Ela olhou para sua casa e viu tudo apagado, provavelmente se preocupou em acordar a família. 
-Se não quiser acordar ninguém, você pode passar a noite na minha casa comigo se preferir.- sussurrei. 
-Niall eu tenho que ir, mas mesmo assim obrigada. -ela sussurrou e sorriu de canto, logo em seguida ela abriu a porta do carro e saiu. Pude vê-la entrando em casa e logo dei partida no carro para deixar Emily em casa. 
Cheguei à casa de Emily e abri a porta do carro para ela, guiando-a até a entrada para ela não tropeçar ou algo assim. 
-Obrigada Niall. - ela disse. 
-não há de quê. - respondi e logo virei de costas. 
-espere - ela disse - está tarde, passe a noite aqui. 
-ah, não é necessário. - falei. 
Ela debruçou seu corpo no meu e devagar colocou as mãos por dentro da minha blusa. 
-por favor - ela disse tirando minha camisa rapidamente sem eu ao menos perceber. 
-Não Emily, para, por favor. -pedi 
-Vamos Niall, estamos quase lá - ela disse pronta para me levar para dentro de sua casa. 
Tomei minha blusa de volta de suas mãos e me virei de costas com raiva e fui andando até o carro. 
-Até mais então Niall. - ela disse com um sorriso maldoso no rosto e bateu a porta de casa. 
Entrei no carro eu fui direto para casa, querendo esquecer o que acabara de acontecer.

Parece que quanto mais a gente quer, mais demora pra acontecer.

Há 2 dias via i-killed-you ( source joao4i20 ) with 19.515 notas
Há 2 dias via nouicide ( source blamestyles ) with 5.740 notas
HW